Blog de arquivo

ESTE BLOG É UM ARQUIVO DE PRECES DO BLOG CARLOS ESPÍRITA - Visite: http://carlosespirita.blogspot.com/
Todo conteúdo deste blog é publico. Copie, imprima ou poste textos e imagens daqui em outros blogs. Vamos divulgar o Espiritismo.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Oração Nossa

Senhor ensina-nos a orar, sem esquecer o trabalho.
A dar, sem olhar a quem.
A servir, sem perguntar até quando...

A sofrer, sem magoar, seja quem for.
A progredir, sem perder a simplicidade.
A semear o bem, sem pensar nos resultados...

A desculpar, sem condições.
A marchar para frente, sem contar os obstáculos.
A ver sem malícia...

A escutar, sem corromper os assuntos.
A falar, sem ferir.
A compreender o próximo, sem exigir entendimento...

A respeitar os semelhantes, sem reclamar consideração.
A dar o melhor de nós, além da execução do próprio dever, sem cobrar taxas de reconhecimento...

Senhor, fortalece em nós, a paciência para com as dificuldades dos outros, assim como precisamos da paciência dos outros, para com as nossas próprias dificuldades...

Ajuda-nos para que a ninguém façamos aquilo que não desejamos para nós...

Auxilia-nos, sobretudo, a reconhecer que a nossa felicidade mais alta será, invariavelmente, aquela de cumprir seus desígnios onde e como queiras, hoje, agora e sempre.


Chico Xavier

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Oração do Livro Parnaso de Além-Túmulo

Pai Nosso, que estás nos Céus,

Na luz dos sóis infinitos,

Pai de todos os aflitos

Deste mundo de escarcéus.


Santificado, Senhor,

Seja o teu nome sublime

Que em todo o Universo exprime

Concórdia, ternura e amor.


Venha ao nosso coração

O teu reino de bondade,

De paz e de claridade

Na estrada da redenção.


Cumpra-se o teu mandamento

Que não vacila e nem erra,

Nos Céus, como em toda a Terra

De luta e de sofrimento.


Evita-nos todo o mal,

Dá-nos o pão no caminho,

Feito na luz, no carinho,

Do pão espiritual.


Perdoa-nos, meu Senhor,

Os débitos tenebrosos,

De passados escabrosos,

De iniquidade e de dor.


Auxilia-nos, também,

Nos sentimentos cristãos,

A amar nossos irmãos

Que vivem longe do bem.


Com a proteção de Jesus,

Livra a nossa alma do erro,

Sobre o mundo de desterro,

Distante da vossa luz.


Que a nossa ideal igreja

Seja o altar da Caridade,

Onde se faça a vontade

Do vosso amor... Assim seja.


Livro: Parnaso de Além Túmulo – Médium: Chico Xavier/ José Silvério Horta.

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

ORAÇÃO DE NATAL

Senhor, nesta Noite Santa,
depositamos diante de Tua manjedoura
todos os sonhos, todas as lágrimas e
esperanças contidos em nossos corações.

Pedimos por aqueles que choram
sem ter quem lhes enxugue uma lágrima.
Por aqueles que gemem
sem ter quem escute seu clamor.

Suplicamos por aqueles que Te buscam
sem saber ao certo onde Te encontrar.

Para tantos que gritam paz,
quando nada mais podem gritar.

Abençoa, Jesus-Menino,
cada pessoa do planeta Terra,
colocando em seu coração um pouco
da luz eterna que vieste acender
na noite escura de nossa fé.

Fica conosco, Senhor!

Assim seja!


(autor desconhecido)

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Oração do Natal

Natal volta de novo, em nova melodia,
Espalhando na Terra a Celeste Alegria...

Agradecemos, Jesus, a concessão
Do mais formoso dia!...

Aos estudos do tempo me consagro,
Noto que a Inteligência
Nunca nos deu tanta ciência
A fim de te servir e acompanhar...
As grandes máquinas voam, do solo para o ar...

E me ponho a pensar:
Senhor, agora, o que mais necessitamos,
De mais força, domínio, ouro e poder,
A fim de que vivamos de conquista em conquista,
Tendo somente, em vista, escravizar e escravizar...

Entretanto, Jesus, agora venho,
Pedir-te ao coração talvez ainda amarrado ao lenho:
Dá-nos mais amplo entendimento à verdade,
Para seguir contigo
Amado e Excelso Amigo,
No sustento da paz e na luz da humildade...


Médium: Chico Xavier – Espírito: Maria Dolores.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Prece de Chico Xavier

Que Deus não permita que eu perca o ROMANTISMO,

mesmo eu sabendo que as rosas não falam.

Que eu não perca o OTIMISMO,

mesmo sabendo que o futuro que nos espera não é assim tão alegre.

Que eu não perca a VONTADE DE VIVER,

mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, dolorosa...

Que eu não perca a vontade de TER GRANDES AMIGOS,

mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas...

Que eu não perca a vontade de AJUDAR AS PESSOAS,

mesmo sabendo que muitas delas são incapazes de ver, reconhecer e retribuir esta ajuda.

Que eu não perca o EQUILÍBRIO,

mesmo sabendo que inúmeras forças querem que eu caia.

Que eu não perca a VONTADE DE AMAR,

mesmo sabendo que a pessoa que eu mais amo, pode não sentir o mesmo sentimento por mim...

Que eu não perca a LUZ e o BRILHO NO OLHAR,

mesmo sabendo que muitas coisas que verei no mundo, escurecerão meus olhos...

Que eu não perca a GARRA,

mesmo sabendo que a derrota e a perda são dois adversários extremamente perigosos.

Que eu não perca a RAZÃO,

mesmo sabendo que as tentações da vida são inúmeras e deliciosas.

Que eu não perca o SENTIMENTO DE JUSTIÇA,

mesmo sabendo que o prejudicado possa ser eu.

Que eu não perca o meu FORTE ABRAÇO,

mesmo sabendo que um dia meus braços estarão fracos...

Que eu não perca a BELEZA E A ALEGRIA DE VER,

mesmo sabendo que muitas lágrimas brotarão dos meus olhos e escorrerão por minha alma...

Que eu não perca o AMOR POR MINHA FAMÍLIA,

mesmo sabendo que ela muitas vezes me exigiria esforços incríveis para manter a sua harmonia.

Que eu não perca a vontade de DOAR ESTE ENORME AMOR que existe em meu coração,

mesmo sabendo que muitas vezes ele será submetido e até rejeitado.

Que eu não perca a vontade de SER GRANDE,

mesmo sabendo que o mundo é pequeno...

E acima de tudo...

Que eu jamais me esqueça que Deus me ama infinitamente, que um pequeno grão de alegria e esperança dentro de cada um é capaz de mudar e transformar qualquer coisa, pois...

A VIDA É CONSTRUÍDA NOS SONHOS E CONCRETIZADA NO AMOR!


Francisco Cândido Xavier

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Prece de Cipriana

Senhor Jesus,

Permanente inspiração de nossos caminhos,

Abre-nos, por misericórdia,

Como sempre,

As portas excelsas

De tua providência incomensurável...

Doador da Vida,

Acorda-nos a consciência

Para semearmos ressurreição

Nos vales sombrios da morte;

Distribuidor do Sumo Bem,

Ajuda-nos a combater o mal

Com as armas do espírito;

Príncipe da Paz,

Não nos deixes indiferentes

À discórdia

Que vergasta O coração

De nossos companheiros sofredores;

Mestre da Sabedoria

Afugenta para longe de nós

A sensação de cansaço

À frente dos serviços

Que devemos prestar

Aos nossos irmãos ignorantes;

Emissário do Amor Divino,

Não nos concedas paz

Enquanto não vencermos

Os monstros da guerra e do ódio,

Cooperando contigo,

Em tua augusta obra terrestre;

Pastor da Luz Imortal,

Fortalece-nos,

Para que nunca nos intimidemos

Perante as angústias e desesperos das trevas;

Distribuidor da Riqueza Infinita,

Supre-nos as mãos

Com teus recursos ilimitados,

Para que sejamos úteis

A todos os seres do caminho,

Que ainda se sentem minguados

De teus dons imperecíveis;

Embaixador Angélico,

Não nos abandones ao desejo

De repousar indebitamente,

E converte-nos

Em teus servidores humildes,

Onde estivermos;

Mensageiro da Boa Nova,

Não permitas

Que nossos ouvidos adormeçam

Ao coro dos soluços

Dos que clamam por socorro

Nos círculos do sofrimento;

Companheiro da Eternidade,

Abençoa-nos as responsabilidades e deveres;

Não nos relegues à imperfeição

De que ainda somos portadores!

Dá-nos, amado Jesus, o favor de servir-Te

E que o Supremo Senhor do Universo Te glorifique

Para sempre.

Assim seja!...

(Parte final do livro "No Mundo Maior")

Médium: Chico Xavier – Espírito: André Luiz

sábado, 15 de outubro de 2016

Prece de Alexandre

Senhor; sejam para o teu coração misericordioso, todas as nossas alegrias, esperanças e aspirações!

Ensina-nos a executar teus propósitos desconhecidos, abre-nos as portas de ouro das oportunidades do serviço e ajuda-nos a compreender a tua vontade!

Seja o nosso trabalho a oficina sagrada de bênçãos infinitas, converte-nos as dificuldades em estímulos santos, transforma os obstáculos da senda em renovadas lições...

Em teu nome, semearemos o bem onde surjam espinhos do mal, acenderemos tua luz onde a treva demore, verteremos o bálsamo do teu amor onde corra o pranto do sofrimento, proclamaremos tua bênção onde haja condenações, desfraldaremos tua bandeira de paz junto às guerras do ódio!

Senhor; dá que possamos servir-te com a fidelidade com que nos amas, e perdoa nossas fragilidades e vacilações na execução de tua obra.

Fortifica-nos o coração para que o passado não nos perturbe e o futuro não nos inquiete, a fim de que possamos honrar-te a confiança no dia de hoje, que nos deste para a renovação permanente até a vitória final.

Somos tutelados na Terra, confundidos na lembrança de erros milenários, mas queremos, agora, com todas as forças d'alma, nossa libertação em teu amor para sempre!

Arranca-nos do coração as raízes do mal, liberta-nos dos desejos inferiores, dissipa as sombras que nos obscurecem a visão de teu plano divino e ampara-nos para que sejamos servos leais de tua infinita sabedoria!

Dá-nos o equilíbrio de tua lei, apaga o incêndio das paixões que, por vezes, irrompe, ainda, no âmago de nossos sentimentos, ameaçando-nos a construção da espiritualidade superior.

Conserva-nos em tua inspiração redentora, no ilimitado amor que nos reservaste e que, integrados no teu trabalho de aperfeiçoamento incessante, possamos atender-te os sublimes desígnios, em todos os momentos, convertendo-nos em servidores fiéis de tua luz, para sempre!

Assim seja.


Livro: Missionários da Luz – Médium: Chico Xavier – Espírito: Alexandre (Por André Luiz).

sábado, 1 de outubro de 2016

Prece Estrelas

Senhor:

Ante o céu estrelado,

Que nos revela a tua grandeza,

Deixa que nossos corações se unam

À prece das coisas simples...

Concede-nos, Pai,

A compaixão das árvores,

A espontaneidade das flores,

A fidelidade da erva tenra,

A perseverança das águas que procuram o repouso nas profundezas,

A serenidade do campo,

A brandura do vento leve,

A harmonia do outeiro,

A música do vale,

A confiança do inseto humilde,

O Espírito de serviço da Terra benfazeja,

Para que não estejamos recebendo, em vão, Tuas Dádivas, e para que o Teu Amor resplandeça no centro de nossas vidas, agora e sempre.

Assim seja!


Livro: Antologia da Criança – Médium: Chico Xavier – Espírito: Emmanuel.

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Prece por Amor

Ensina-nos, Senhor, a amar os nossos semelhantes...

A repartir com todos eles o nosso afeto e o nosso carinho.

Que vejamos - mas vejamos realmente -, em quem sofre ao nosso lado, um irmão nosso.

A indiferença é um fardo muito pesado de carregar!...

Que as nossas mãos se estendam a quem nos estende as suas, à procura das Tuas!

Quantas vezes não continuamos passando ao largo, ante os caídos que nos margeiam a estrada!...

Queremos imitar o anônimo samaritano da Parábola que nos contaste!

Auxilia-nos a superar a distância que o nosso egoísmo estabeleceu em relação ao próximo.

Senhor, queremos conhecer a felicidade de amar e não apenas a de sermos amados!

Assim seja!

Livro: Preces e Orações - Médium: Carlos A. Baccelli - Espírito: Irmão José.

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Prece Quando...

QUANDO, nas horas de íntimo desgosto, o desalento te invadir a alma e as lágrimas te aflorarem aos olhos, busca-me: eu sou aquele que sabe sufocar-te o pranto e estancar-te as lágrimas;

QUANDO te julgares incompreendido dos que te circundam e vires que, em torno, a indiferença recrudesce, acerca-te de mim: eu sou a LUZ, sob cujos raios se aclaram a pureza de tuas intenções e a nobreza de teus sentimentos;

QUANDO se te extinguir o ânimo para arrostares as vicissitudes da vida e te achares na iminência de desfalecer, chama-me: eu sou a FORÇA capaz de remover-te as pedras dos caminhos e sobrepor-te às adversidades do mundo;

QUANDO, inclementes, te açoitarem os vendavais da sorte e já não souberes onde reclinar a cabeça, corre para junto de mim: eu sou o REFÚGIO, em cujo seio encontrarás guarida para o teu corpo e tranquilidade para o teu espírito;

QUANDO te faltar a calma, nos momentos de maior aflição, e te considerares incapaz de conservar a serenidade de espírito, invoca-me: eu sou a PACIÊNCIA, que te faz vencer os transes mais dolorosos e triunfar das situações mais difíceis;

QUANDO te debateres nos paroxismos da dor e tiveres a alma ulcerada pelos abrolhos dos caminhos, grita por mim: eu sou o BÁLSAMO que te cicatriza as chagas e te minora os padecimentos;

QUANDO o mundo te iludir com suas promessas falazes e perceberes que já ninguém pode inspirar-te confiança, vem a mim: eu sou a SINCERIDADE, que sabe corresponder à franqueza de tuas atitudes e à nobreza de teus ideais;

QUANDO a tristeza e a melancolia te povoarem o coração e tudo te causar aborrecimento, clama por mim: eu sou a ALEGRIA, que te insufla um alento novo e te faz conhecer os encantos de teu mundo interior;

QUANDO, um a um, te fenecerem os ideais mais belos e te sentires no auge do desespero, apela para mim: eu sou a ESPERANÇA, que te robustece a fé e te acalenta os sonhos;

QUANDO a impiedade recusar-se a relevar-te as faltas e experimentares a dureza do coração humano, procura-me: eu sou o PERDÃO, que te levanta o ânimo e promove a reabilitação de teu espírito;

QUANDO duvidares de tudo, até de tuas próprias convicções, e o cepticismo te avassalar a alma, recorre a mim: eu sou a CRENÇA, que te inunda de luz o entendimento e te habilita para a conquista da Felicidade;

QUANDO já não provares a sublimidade de uma afeição terna e sincera e te desiludires do sentimento de teu semelhante, aproxima-te de mim: eu sou a RENÚNCIA, que te ensina a olvidar a ingratidão dos homens e a esquecer a incompreensão do mundo;

E QUANDO, enfim, quiseres saber quem sou, pergunta ao riacho que murmura e ao pássaro que canta, à flor que desabrocha e à estrela que cintila, ao moço que espera e ao velho que recorda. Eu sou a dinâmica da vida, e a harmonia da Natureza: chamo-me AMOR, o remédio para todos os males que te atormentam o espírito.

EU SOU JESUS

Estende-me, pois, a tua mão, ó alma filha de minh'alma, que eu te conduzirei, numa sequência de êxtases e deslumbramentos, às serenas mansões do Infinito, sob a luz brilhante da Eternidade.


Livro: O Primado do Espírito de Rubens C. Romanelli

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Oração do Pastor

Senhor!...

Colocaste-me no trabalho, guiando ovelhas com as quais procuro entender o sentido de tuas leis.

Agradeço a profissão que me deste, mas, em te ofertando a minha alegria, rogo recebas todo o meu reconhecimento pelas lições com que me enriqueces a vida.

Aprendo com os animais que posso conduzi-los para a estrada certa e, no entanto, assinalo que todos devem, um por um, caminhar com os recursos que lhes são próprios; noto que disponho de meios para carregar esse ou aquele dos mais fracos e mais doentes unicamente, porém, enquanto se lhes perduram a deficiência ou a enfermidade; observo que ante as ovelhas que se marginalizam fugindo para veredas distantes, devo usar o meu cão a fim de auxiliá-las a se reintegrarem ao rebanho que confiaste e reconheço que, a rigor, não me cabe tosquiar nenhuma delas sem dose certa e fora da época própria, sob pena de induzi-las à morte.

Auxilia-me a compreender oh! Deus de Bondade, que os Instrutores Espirituais de minha vida podem orientar-me na direção de trilhas justas, competindo, no entanto, a mim seguir adiante com os meus próprios pés, que me sustentarão nos momentos graves, mas deixam-me agir, por mim mesmo na experiência comum, para que a superproteção não me invalide a existência; que necessito contar com o apoio do sofrimento para que se me reabilite o rumo exato no tempo, cada vez que me entregue à leviandade ou à deserção e que não me compete esperar dos outros aquilo que os outros ainda não me possam dar, em prejuízo deles próprios.

Senhor! Ajuda-me a compreender-te as leis de responsabilidade pessoal e a aceitá-las em meu benefício próprio, para que eu me faça útil em tua obra, agora e para sempre.


Livro: Sentinelas da Alma – Médium: Chico Xavier – Espírito: Meimei

domingo, 31 de julho de 2016

Rogativa do Servo

Senhor!

Dá-nos a força, mas não nos deixes humilhar os mais fracos.

Dá-nos a luz da inteligência, no entanto, ensina-nos a auxiliar aos irmãos que jazem nas sombras.

Dá-nos a calma, contudo, não nos consitas viver na condição das águas paradas.

Dá-nos a paciência, entretanto, não nos relegues à inércia.

Dá-nos a fé, mas não nos permitas o cultivo da intolerância.

Dá-nos a coragem, no entanto, livra-nos da imprudência.

Concede-nos, por fim, o conhecimento da harmonia e da perfeição que devemos buscar.

Não nos deixe, porém, na posição de Vênus de Milo, sempre maravilhosamente bela, diante do mundo, mas sem braços para servir a ninguém.


Livro: Tempo de Luz – Médium: Chico Xavier – Espírito: André Luiz

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Te Agradeço Senhor

Se um dia eu estiver "cheio da vida", com vontade de sumir, de morrer, insatisfeito comigo e com o mundo em torno de mim...

- Pergunta-me apenas se eu quero trocar a luz pelas trevas...

- Pergunta-me se eu quero trocar a fartura da mesa posta pelos restos que tantos buscam no lixo...

- Pergunta-me se eu quero trocar meus pés por uma cadeira de rodas...

- Pergunta-me se eu quero trocar minha voz pelos gestos...

- Pergunta-me se eu quero trocar o mundo maravilhoso dos sons pelo silêncio dos que nada ouvem...

- Pergunta-me se eu quero trocar o jornal que leio e depois jogo no lixo pela miséria dos que vão buscá-lo para fazer dele seu cobertor...

- Pergunta-me se eu quero trocar minha saúde pelas doenças incuráveis de tanta gente...

- Pergunta-me também, até quando não reconhecerei as Tuas bênçãos, a fim de fazer de minha vida um hino de louvor e gratidão e dizer, todos os dias, do fundo de mim:

- Obrigado, Senhor!


Autor Desconhecido – Fonte do texto: Internet Google.

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Prece ao Amanhecer

Venho, Pai, me reverenciar diante da luz que me abraça.

Venho, Mestre, me colocar a disposição de amor e de paz para que minhas horas de percurso diário possam me abastecer e eu possa me dilatar em Tua direção.

Venho, no íntimo de mim mesmo, pedir-te a proteção e o esclarecimento em tarefas que me permitam dilatar a minha esperança na reconstrução de minha alma e na do mundo que me acolhe.

Venho, Pai, agradecer pelo alimento deste dia, pela paz da minha alma, pelos indultos que me concedes.

Permita, Pai, que eu possa realizar as tarefas pretendidas e que dentro das minhas possibilidades esteja o meu crescimento como criatura infinita.

Ampara-me, Pai, em minhas dificuldades.

Lança-me a âncora da esperança para que eu possa querer continuar e buscar o meu fortalecimento íntimo na luta presente.

Que este dia possa revelar a mim em determinação de Sua excelsa vontade.

Que eu possa ser o amigo, o irmão e levar a paz, a compreensão e a esperança aos sofredores e aqueles que Te esqueceram.

Que meus passos me conduzam a plena complementação de minha alma.

Que eu consiga me fazer humilde e caridoso diante de mim mesmo e das almas que me envolvem.

Que acima de tudo, Pai, que eu possa ser sempre um filho Teu e Te buscar naqueles que colocastes à prova.

Que a luta diária seja o meu alimento espiritual trazendo-me a frequências ideais de ser eterno.

Ajuda-me a vencer a mim mesmo, a atenuar a minha culpa, a acolher a todos com amor, a empreender mais esta caminhada entendendo que tudo que me abastece é por Ti tocado e que dentro de mim possa se consubstanciar a união pretendida.

Ampara-me, Pai, e que eu chegue a noite e possa novamente ter este diálogo amigo e confortador.

Que meus passos cumpram, exatamente o percurso pedido por mim e em cada momento de minha caminhada eu jamais me esqueça que estás a me amparar e proteger.


Médium: Chico Xavier – Espírito: Emmanuel.

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Oração da Consciência Espírita

Senhor Jesus!

Nas esferas de nossas necessidades abrigávamos antes a ideia de que para compreender o Teu Evangelho bastava-nos ler as escrituras dilatadas em versículos e capítulos e tão somente apresentarmos como arautos do altar ou nos púlpitos dos louvores exteriores.

Comungávamos nós, Senhor, da necessidade precípua de Te encontrar manso e humilde de coração, mas vergastávamos o conhecimento por meio de nossas próprias posturas, de desafios incongruentes com a Tua proposta serena e pacificadora.

É bem verdade, Senhor, que diante dos tropeços de nossas escolhas, os vossos mensageiros nos haviam avisado muito antes dos perigos que corríamos por continuar conspurcando as mensagens e os Vossos ensinos imorredouros, mas ainda a força do orgulho falava muito alto em nossas atitudes e pensávamos que por poder conduzir as organizações terrestres estaríamos isentos das consequências das Leis Divinas.

Quando tomamos conta que a nossa consciência é a verdadeira Igreja, o verdadeiro altar e demo-nos por Espíritos empobrecidos de virtudes, no qual, muito pouco, tínhamos a oferecer no grande retorno do Espírito imortal, ajoelhamos verdadeiramente interessados em nossa transformação interior.

E por misericórdia e compaixão, amor e iluminação de nossas vidas, Tu nos oferecestes a verdadeira chance, a oportunidade de adentrarmos na grei que oferecia a lúcida e misericordiosa presença da Doutrina Espírita.

Ouvimos na acústica de nosso coração as informações dos Mentores de alta envergadura nos dizendo:

“Não tereis mais as encíclicas, não utilizareis mais os versículos e capítulos, não herdareis mais os púlpitos e nem mesmo estareis sobre a tutela da força de nenhuma instituição poderosa na Terra!”

“Volverão, agora, qual singelos agricultores da Boa Nova! Deverão aprender no seio da família e no silêncio das próprias renúncias a construir o templo que antes desprezaram”.

“Viverão entre os homens bons e não serão exaltados pela vossa fé”.

“Estarão entre todos no relicário de vossa consciência para verdadeiramente promover o Cristo por meio de vossas ações”.

“Os desafios serão volumosos por conta das desistências que criastes no ontem, mas não lhes faltarão os avisos amorosos”.

“Receberão diretamente as vozes do além que virão vos convidar ao proceder imorredouro da caridade fraternal”.

“Entre homens e desafios, dificuldades e expectativas serão convocados a administrar os templos simples do Espiritismo na Terra”.

“Entre todos esses templos aprenderão a erguer agora o novo altar da consciência e os estudos não deverão ter mais as características amedrontadoras e aquelas em que o poderio temporal vos exaltava a vaidade”.

Quando, então, em choros e lágrimas, gratidão e devoção, despedimos destes companheiros primários e além, uma Luz Crística e amorável do alto nos olhava.

E na intimidade de nossos corações ouvimos a fala íntima dizendo-nos: Eu venci o mundo, vos também podeis.


E eis que agora, a nova chance colocada à nossa disposição para vencer o nosso mundo íntimo, superando as agruras que o mundo exterior nos oferece para o nosso aprendizado.

Volvamos para os nossos lares convictos de que as nossas novas ocupações na lide espiritual, significa o estado propício da reparação mais adequada de nossas próprias consciências.

É agora o momento do testemunho feliz, da entrega, da renúncia e da cooperação.

Jamais, em tempo algum, vivenciamos tamanha oportunidade de esclarecimentos e ascensão em nosso mundo íntimo.

Jesus hoje é nos apresentado na sua figura simples, humilde e clara e para nós é o que basta.

Que Jesus fortaleça-nos para todo o sempre o nosso momento atual que significará um marco decisório para as nossas realidades espirituais de todo o sempre.

De vosso irmão, Antônio.

Muita paz.


Fonte do Texto e Imagem: Internet Google.